segunda-feira, 5 de março de 2018

Essa é boa!...

O alcaide disse por aí que, no caso Senar, a sua assinatura também foi falsificada e que ele abriu um B.O policial.

O sururu Senar já se arrasta há quase quinze dias; resta saber quando o prefeito abriu B.O.
De ofício, o delegado deve pedir exame grafológico para os casos. Se for 171 do alcaide, aí o bicho vai pegar de verdade.

O ex-coordenador do Senar que fique esperto: estão querendo jogar tudo nas suas costas. Que tal contar tudo, tipo delação premiada?